CORAGEM – Arquiteto Sousense taxa Desembargador do TJ/PB de: Vagabundo, sem vergonha e safado; Ouça - Itabaiana é Notícia
Home » » CORAGEM – Arquiteto Sousense taxa Desembargador do TJ/PB de: Vagabundo, sem vergonha e safado; Ouça

CORAGEM – Arquiteto Sousense taxa Desembargador do TJ/PB de: Vagabundo, sem vergonha e safado; Ouça

Written By itabaiana noticia on segunda-feira, 23 de janeiro de 2017 | 09:29

    •  
    •  
O Sousense, Arquiteto Fábio Linhares, participou na tarde desta segunda-feira (23) do Programa Radar Líder Notícia na Cidade de Sousa,
O Sousense, Arquiteto Fábio Linhares, participou na tarde desta segunda-feira (23) do Programa Radar Líder Notícia na Cidade de Sousa, oportunidade que fez um desabafo como cidadão paraibano contra atitude do Desembargador Joás de Brito Pereira Filho, futuro presidente do Tribunal de Justiça da Paraíba, que concedeu habeas corpus e suspendeu o mandado de prisão temporária de Rodolpho Gonçalves Carlos da Silva, que tinha sido expedido pela juíza Andrea Arcoverde, plantonista do 1º Juizado Especial Misto do Fórum de Mangabeira, em João Pessoa, nesse sábado (21). 

O jovem é suspeito de atropelar o agente de trânsito Diogo Nascimento, 34 anos, durante uma blitz da Lei Seca, em João Pessoa. Diego não resistiu e faleceu no Trauma na Capital.

Durante a participação do Arquiteto na Rádio Líder, ele fez questão de dá primeiro seu nome, CPF, e o número do seu telefone de público para depois externar sua indignação contra atitude do Desembargador.

- Ele (Joás) é um vagabundo, um sem vergonha, um canalha, um energúmeno, um safado, por que ele atestou um crime. Ele saiu da casa dele, e foi até o Fórum para dizer que o Cidadão que atropelou o outro é correto. Então vamos todos sair de casa, e onde nós encontramos uma blitz vamos passar por cima dos soldados, comentou.

Conforme o Arquiteto, o Desembargador, Jóas de Brito teria “passado por cima de uma decisão de uma colega, e nem isso ele respeitou. Ele não perguntou quem era a colega, e nem quis saber qual era o caso. Ele saiu de casa como se fosse salvar uma vida, como se um médico saísse de casa 4 horas da manhã para salvar uma vida no Hospital”, continuou a fala de Dr. Fábio Linhares.

As declarações contundentes do Arquiteto foram em respeito aos protestos que pipocaram em toda a Paraíba na manhã desta segunda-feira (23), após a decisão do Desembargador em assinar HC a favor do Empresário Paraibano, Rodolpho Gonçalves Carlos da Silva, acusado de atropelar e matar um agente do DETRAN durante a blitz da lei seca no Bessa na Capital.

A fala do Arquiteto continuou na Rádio dizendo que estavam gravados o número do seu CPF, Telefone, por que o Desembargador, Joás de Brito não tinha moral nenhum de mandar lhe prender. “Ele não tem moral algum nem de vir mandar me prender, por que eu estou lhe chamando de ‘vagabundo’ ele não mais tem moral”, completou.

Fábio Linhares concluiu sua fala afirmando que tudo que o Desembargador, futuro presidente do TJPB visse daqui por diante fazer será contestado, e ficará sobre suspeita. “Ele perdeu a moral. Ele estudou a vida toda, se tornou Desembargador, e em uma madrugada, em uma canetada ele jogou tudo fora. Ele perdeu a grande oportunidade de ser um cidadão de bem”.

Até o fechamento desta matéria, o Portal ainda não tinha conseguido contato com o Desembargador, Joás de Brito para ouvir o outro lado da versão.
Ouça o áudio da participação do Arquiteto no Radar Líder

Compartilhe este artigo :

Postar um comentário

 
Suporte : A2 Comunicação Visual | Dinho Andrade
Copyright © 2015. Itabaiana é Notícia - Todos os direitos reservados
Template Criado por : Dinho Andrade | A2 Comunicação Visual
Desenvolvido por: Dinho Andrade